segunda-feira, 26 de maio de 2008

"...em um dia chuva as vezes reclamamos porque está chovendo e a chuva acaba atrapalhando os nossos planos, é dificil aceitar a chuva e perceber que ela foi mandada por Deus, que nos faz muito bem! O mesmo acontece com a nossa vida. Muitos momentos não aceitamos o que somos ou o que precisamos fazer, tentamos fugir ou esconder muitas coisas que nos cercam.

Precisamos aceitar nossa chuva dentro de nós, e sentir o quanto ela é boa quando encarada como um presente divino, se aceitarmos a tempo, será mais fácil evitar uma tempestade que poderá vir!"

F.M [praticando os ensinamentos passado por Mago dos Sonhos]

2 Comments:

Rafa Kalado said...

Creio que o medo não é só o aceitar a chuva e sim também as conseqüências que ela pode trazer: resfriado, espirro e etc.
Mas isso porque esquecemos o quanto isso nos fortaleceu no passado, quem nunca ficou gripado depois de uma simples garoa e pensou que ia morrer, mas essa mesma gripe nos deixava sobre os cuidados dobrados da mãe, da avó, chazinho quente, bolinho de fubá, suco de laranja com mel, nem tudo na vida é o que parece.
Dependendo do ângulo de vista, o simples tijolo pode se tornar uma escada, o espirro, um abraço da mãe; o joelho ralado, dois dias sem ir a escola. Merthiolate arde, mas sempre à alguém para soprar.

Amplexos

Anônimo said...

eligible ucdp council basantlal sidebars interviews consumables shiv artifactsif envoy csirocmcl
semelokertes marchimundui