segunda-feira, 19 de maio de 2008

O vento faz sua curva forte ou fraca, mas sempre suave, mudando e determinando os nossos destinos para aprendermos a crescer e finalmente ver além deste vasto jardim de infância...nunca se deve engatinhar quando se tem impulso para voar...

2 Comments:

Adriano DiCarvalho said...

Este é o Filipe Macedo que conheci! Lindo texto, Filipe. Mesmo. Parabéns! Tava com saudades de ler teus escritos. Autorais. Lindo! Parabéns de verdade.

Abs

Dantas said...

temsoq ue ter força de vontade.