...e no meu doce novembro

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Nesse novembro muitas coisas aconteceram, o vento soprou diferente, o calor tirou um suor de prazer do meu corpo, as flores estavam mais presentes e a canção tocou na hora errada. As pessoas entram e saem da sua vida de uma forma inesplicável e é bom poder aprender (*depois de duras penas) que cada uma tem um valor significativo em nossa história, conseguimos crescer aprendendo com o que fizemos! Mas como tudo que começa, tem um meio e um fim...seja ele poético, triste ou feliz: Novembro acabou! Com ele o vento sopra para o outro lado, o calor é substituído pelo frio, e as flores; as flores...para minha alegria existem no mesmo lugar! Intactas! Porque o meu maior amor, é o amor por mim mesmo! O meu amor primeiro!


"...fique em silêncio, deixe o amor entrar...prá que tanta pressa de chegar?"

3 Comments:

Ni ... said...

Ah menino passarinho...
Que saudade estava de vir aqui...

Adorei te ver falar sobre o amor que sente por ti... parabéns...!!

Beijo e mais beijos

TABATATINHA said...

Eu ainda me lembro daquele verão, final de novembro e você ainda não sabia se gostava de mim, o céu estrelado, uma noite normal, um beijo roubado e eu te dizendo tchau,e vc ouvindo a mesma canção que eu...Só queria uma música...........Gostar de nós mesmos é o 1º passo à felicidade...depois, só com a fórmula: FR= DC + PN + CT + FF...( FELICIDADE RELATIVA,DEVER CUMPRIDO, POSSES NECESSÁRIAS, CONSCIÊNCIA TRANQUILA E FÉ NO FUTURO...amo vc maninhuuuuuu!s2

Filipe Macedo said...

Obrigado amores...por voarem tão alto e conseguirem tocar meu coração tão forte! Bons ventos....