"...tem dias que a gente se sente como quem partiu ou morreu, a gente estancou de repente..."

sexta-feira, 10 de julho de 2009

O trecho da canção reflete em mim esse momento tão delicado de vida, tão singelo, doloroso e as vezes até cruel.

Falar de sentimento se torna fácil quando o coração está aberto e pronto para recomeçar a se envolver de novo, o duro é a ilusão de que a minha hora havia chego! Não, ainda não é hora essa de amar de novo...

parece que estou vivendo no meio-tempo novamente! Você sabe o que é o "Meio-tempo"?
...vou explicar: o meio-tempo é o espaço em que estamos quando nos apaixonamos por alguém que não nos corresponde; viver o meio-tempo é aprender com os erros, é entender no que precisamos melhorar e o que não devemos repetir quando a oportunidade de se envolver aparece, é saber que a paixão é passageira e contribui para o nosso crescimento.

O meio-tempo serve para nos preparar para quando verdadeiramente o nosso amor chegar.
Eu acredito no amor, acredito no ser humano e sei que em algum lugar desse universo alguém está também vivendo no meio-tempo, me aguardando chegar para por um fim a tanta paixão, tanta dependência...tanto desprezo!

Amar é simples demais.

O Coração que é desprezado se fere, mas quando existe dentro dele um sentimento chamado: Amor Próprio, logo cicatriza.

É isso, quis deixar registrado essa minha fase para que um dia acompanhe a minha evolução espíritual e para entender que depois de tudo, sempre virá um novo dia!

2 Comments:

Renata (impermeável a) said...

hum...............




tduo que te ser curtido....

nao é?

Juliana. said...

Estou assim!!Neste meio-tempo..